Conheça os principais sintomas e tratamentos para o Bruxismo

14.06.2018

 

Você já sentiu dor de cabeça, na mandíbula e nos dentes ao acordar? Pode ser que você tenha o hábito de ranger seu dente à noite, também conhecido como bruxismo. Muitos dentistas apontam que esse hábito é causado por estresse e ansiedade, mas também pode ser causado por desalinhamento dos dentes.

 

O que é o bruxismo?

 

O termo “bruxismo” refere-se ao hábito de pressionar e ranger os dentes presente em muitos adultos e crianças durante toda a vida. O bruxismo ocorre quando os dentes entram em contato de maneira forçada. O problema pode surgir durante o dia, mas é enquanto dormimos que ele é mais intenso, por isso as dores de cabeça e no maxilar podem ser sentidas ao acordar.

 

Algumas causas podem ser responsáveis pelo aparecimento dos sintomas, podem surgir desde pelo posicionamento incorreto dos dentes até fatores emocionais, como momentos de estresse acentuado. O estresse pode ter sua origem em fatores internos e externos. Os fatores internos podem ser os alimentos que você consome, seu nível de preparo físico, sua estabilidade emocional, estado de saúde geral, nível de bem-estar e o número de horas que você dorme todas as noites. Os fatores externos relacionados com o estresse psicológico têm a ver com o ambiente em que você vive, sua interação com as pessoas quando está em casa e a maneira em que você enfrenta os desafios do dia-a-dia.

 

Deve-se estar atento aos sinais, pois o Bruxismo pode causar DAT – Disfunção da Articulação Temporomandibular, um problema que ocorre com os músculos de mastigação da mandíbula.

 

Principais sintomas e consequências

 

Dor na face, na cabeça e no pescoço são potenciais sinais de bruxismo. Seu dentista é capaz de fazer um diagnóstico preciso e determinar se a origem da dor facial é causada por esta disfunção.

 

Em muitos casos o bruxismo é um hábito inconsciente, podendo passar desapercebido pelo paciente. O profissional será capaz de detectar este problema em um exame rotineiro através de indícios como dentes desgastados ou alterações no esmalte dentário.

 

As consequências do bruxismo são:

  • Desgaste do esmalte dentário e até mesmo da dentina;

  • Quebra dos dentes e próteses;

  • Sensibilidade dentária;

  • Dor e mobilidade dos dentes;

  • Dor facial devido à força com que os músculos maxilares são pressionados;

  • Dor de cabeça;

  • Fadiga facial geral;

  • Dor na articulação temporomandibular

 

Como tratar o bruxismo

 

O tratamento apropriado dependerá do que está lhe causando o problema. Fazendo perguntas apropriadas e examinando detalhadamente seus dentes, seu dentista pode lhe ajudar a determinar se a fonte potencial de seu bruxismo. Com base no grau dos danos causados a seus dentes e a causa provável, seu dentista poderá sugerir:

  • O uso de um dispositivo quando dormir:  A abordagem terapêutica mais eficiente no tratamento do bruxismo é o uso diário da placa miorrelaxante. O dispositivo rígido e transparente, além de evitar fraturas e desgastes dentários, também tem como objetivos a diminuição da hiperatividade dos músculos da mastigação característica do distúrbio e a desprogramação do reflexo neuromuscular que dá origem aos impulsos de apertamento e ranger dos dentes.

  • Encontrando meios de relaxamento: a tensão cotidiana parece ser uma das causas principais do bruxismo, e não importa o que seja que reduza a tensão, pode contribuir - ouvir música, ler um livro, fazer um passeio ou tomar um banho. Procurar alguma terapia auxiliará no aprendizado de meios eficazes de controlar situações estressantes. Adicionalmente, se aplicar uma toalhinha morna e molhada no lado de sua face isto poderá ajudar a relaxar os músculos doloridos devido à pressão exercida.

  • Reduzindo a "exposição" de um ou mais dentes para igualar sua mordida: uma mordida anormal, no qual os dentes não se ajustam bem, também pode ser corrigido com restaurações, coroas ou ortodontia.

 

Consulte o seu dentista, assim que possível

 

O tratamento com placa para bruxismo, independente das causas para o problema, é indicado para a quase totalidade dos indivíduos. A atitude mais recomendada para os períodos de dor e desconforto intensos é consultar o seu dentista o mais rápido possível para que o diagnóstico e tratamento dos sinais e sintomas sejam adequados e aconteçam em tempo para que danos às articulações e músculos não aconteça de forma irreversível.

 

O consumo de medicamentos, mesmo os disponíveis à venda sem necessidade de prescrição profissional, requer cautela. Em raríssimas situações o consumo destas medicações sem acompanhamento médico é recomendado.

 

Consulte seu dentista para determinar se você tem um problema com bruxismo e opções de tratamento. 
 

 

 

 

 

 

 

Palavras chave

Please reload

Entre em Contato

 

(21) 3189-6444

(21) 98221-5824

Rua Haddock Lobo - 210 - Sala 513 - Tijuca - Rio de Janeiro/RJ

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon