Dentes sisos inflamados: por que isso acontece e o que fazer nessa situação?


Os dentes do siso são os últimos dentes molares que nascem em nossa arcada dentária, ocupando os lados de cada maxilar.

Quando estes dentes extras nascem e estão bem posicionados, sem incomodar a boca e sem trazer nenhum risco, não há a necessidade de extração. Mas quem deve dizer se a extração é necessária é um dentista especializado.

Devido ao nascimento tardio, é muito comum que haja pouco ou nenhum espaço para que esses dentes fiquem acomodados em nossa boca, o que pode fazer com que eles fiquem presos embaixo da gengiva, causando dor, inchaço ou desconforto.

Qual o procedimento para a extração do dente siso?

A retirada dos sisos ocorre como qualquer extração dental de rotina: o paciente recebe uma anestesia local e o procedimento de retirada é realizado, em média, em 30 minutos ou menos – dependendo da complexidade e do posicionamento do dente, esse prazo pode ser maior.

Quando o dente é completamente retirado, o dentista realiza uma sutura na região e ele pode recomendar, ao fim da cirurgia, que você morda um pedaço de gaze por alguns minutos, para conter eventuais sangramentos.

No pós-operatório, é normal sentir um pouco de dor ou inchaço, principalmente nos primeiros dias após a extração do dente siso. Caso você sinta algum sintoma de dor mais prolongado ou mesmo febre e sangramentos, busque, imediatamente, a orientação de seu dentista.

Entre em Contato

 

(21) 3189-6444

(21) 98221-5824

Rua Haddock Lobo - 210 - Sala 513 - Tijuca - Rio de Janeiro/RJ

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon